Metodologia de dados na política fiscal

Por Luiza Ferreira

 

Na última sexta-feira (14), o grupo de conjuntura contou com  a apresentação do seu subgrupo de Política Fiscal.

A apresentação foi sobre a metodologia de dados da política fiscal do Brasil, em que foram apresentados os principais indicadores, sendo alguns deles: resultado nominal, resultado primário, indicadores de dívida (bruta, liquida e mobiliaria); o subgrupo também explicou de que forma esse índices podem ser avaliados.

Um dos índices citados foi o Superávit Primário. O resultado primário, que exclui das receitas totais os ganhos de aplicações financeiras e, dos gastos totais, os juros nominais devidos, mede como as ações correntes do setor público afetam a trajetória de seu endividamento líquido. O principal objetivo desse cálculo é avaliar a sustentabilidade da política fiscal em um dado exercício financeiro, tendo em vista o patamar atual da dívida consolidada e a capacidade de pagamento da mesma pelo setor público no longo prazo.

%d blogueiros gostam disto: